Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Procon e OAB trabalham parcerias em defesa do consumidor alagoano
21/01/2017 - 11h40m

Procon e OAB trabalham parcerias em defesa do consumidor alagoano

Para o superintendente do Procon/AL, João Neto, a união entre forças será fundamental, refletindo em ações para a sociedade

Procon e OAB trabalham parcerias em defesa do consumidor alagoano

Na reunião, foi possível dar as boas-vindas aos novos integrantes, estagiários e advogados, que irão integrar a Comissão.

O superintendente do Procon Alagoas, João Neto, esteve reunido com a Comissão de Direito do Consumidor na tarde da última sexta-feira (20), no prédio sede da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Alagoas (OAB/AL), para ser recebido como novo integrante da Comissão, que irá promover ações voltadas em prol dos consumidores alagoanos.

Na reunião, foi possível dar as boas-vindas aos novos integrantes, estagiários e advogados, que irão integrar a Comissão. A expectativa, com o crescimento do quadro de membros, é a de ampliar o atendimento à população em 2017.

Para o presidente da Comissão, Thiago Wanderley, a aproximação com o órgão de defesa do consumidor (Procon/AL) trará benefícios e facilitará o desenvolvimento de trabalhos na defesa do consumidor alagoano.

“Temos o prazer de receber em nossa Comissão o superintendente do Procon de Alagoas, João Neto, que chega trazendo uma aproximação ainda maior entre a Seccional e o órgão, mas que está aqui também além do Procon, como o advogado interessado em construir que é. A expectativa sem dúvida é das melhores e quem ganha é a sociedade”, pontuou Thiago Wanderley.

O superintendente do órgão, João Neto, garantiu que integrar o grupo irá promover mais ações importantes de conscientização dos direitos dos consumidores. “Estar na OAB e neste grupo, podendo contribuir com discussões e as atividades que deverão ser promovidas durante o ano é uma honra. Esta parceria com o Procon de Alagoas também será importante para nossa instituição”, finalizou o advogado.

 

Por Amanda Oliveira

Ações do documento