Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Procon Alagoas compara preços de produtos para ceia natalina
15/12/2017 - 10h05m

Procon Alagoas compara preços de produtos para ceia natalina

A pesquisa ocorreu em três supermercados de médio/grande porte da capital e coletou o preço de 87 itens, entre eles: carnes, panetones e bebidas

Procon Alagoas compara preços de produtos para ceia natalina

Por Amanda Oliveira

A Superintendência de Proteção de Defesa do Consumidor (Procon/AL) divulgou nesta sexta-feira (15) uma pesquisa de preços comparativa dos itens mais procurados para compor a ceia natalina. Os preços foram coletados na quinta-feira (14) em três supermercados da capital.

No total, foram comparados preços de 87 produtos, entre eles: carnes e peixes (pernil, peru, tender, bacalhau, chester); queijos; panetones; chocotones; caixas de chocolate; azeitonas; molho de tomate; arroz e bebidas (refrigerantes, vinhos, espumantes, etc).

As diferenças de preços foram visíveis. No caso das carnes e peixes, por exemplo, o tender sem osso foi encontrado por valores (kg) de R$ 37,98 e R$ 52,53. Já o bacalhau, foi encontrado variando entre R$ 29,98 e R$ 79,98, ambos da mesma marca.

Para os apaixonados por doce, os preços dos panetones e chocotones também variam. É possível encontrar a partir de R$ 14,90 até R$ 29,78, dependendo do gosto de orçamento de cada um. “O objetivo da divulgação das nossas pesquisas é dar ao consumidor uma referência e divulgar a importância de uma pesquisa antes de comprar os produtos, principalmente na época de festas”, comenta o superintendente do órgão, João Neto.

Os vinhos possuem uma grande variedade de marcas e preços, a partir de R$ 10,90, até os importados, com valores entre R$ 86,00 e R$ 103,90. “Com a variação grande de preços, fica a critério do consumidor escolher a melhor opção para celebrar a data ao lado da família”, concluiu João.

Fiscalização

Junto da coleta de preços realizada pela equipe do Procon Estadual, os fiscais do órgão participaram da ação realizando uma fiscalização nos supermercados visitados, para garantir que os produtos divulgados estavam dentro da lei descrita no Código de Defesa do Consumidor.

“Vimos aqui a oportunidade de verificar e conversar com os próprios consumidores sobre os produtos aqui expostos e o atendimento recebido”, explicou o fiscal Roberto Melo.

A pesquisa de preços já está disponível no site do Procon e pode ser acessado através do link: http://www.procon.al.gov.br/pesquisas-de-precos/2017/ceia-natalina/PESQUISA%20NATAL%202017%20CEIA.pdf/view

Ações do documento