Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Escolas privadas participam do mutirão de negociação de dívidas
29/11/2017 - 09h25m

Escolas privadas participam do mutirão de negociação de dívidas

Procon de Alagoas estima que 30% dos pais estão em débito com as instituições

Escolas privadas participam do mutirão de negociação de dívidas

Participação das escolas particulares no mutirão foi debatida em reunião com sindicato

Pela primeira vez, colégios privados de Alagoas marcarão presença no Mutirão de Negociação de Dívidas, realizado pela Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor Alagoano (Procon/AL). A parceria foi discutida na manhã desta segunda-feira (27) com o Sindicato das Escolas Particulares de Alagoas.

 

Entre os dias 11, 12 e 13 de dezembro os pais dos alunos terão uma oportunidade de renegociar os débitos com os colégios particulares. “A participação dessas instituições no mutirão é uma chance dos responsáveis das crianças e adolescentes ajustarem as contas, assim poderão realizar a matrícula do seu filho tranquilamente no próximo ano letivo ”, ponderou o assessor jurídico do órgão, Cesar Caldas.

 

De acordo com o sindicado, aproximadamente 60 escolas devem aderir a campanha de negociação de dívidas do Procon/AL, diante do alto número de inadimplência registrado no setor da educação privada. Estima-se que 30% dos pais estão em débito com as instituições.

 

“Essa parceria com o órgão de defesa do consumidor proporciona mais confiança aos credores na hora de negociar. Estamos otimistas com o número de adesão à campanha”, pontuou a presidente do sindicato, Bárbara Heliodora, acrescentando que, na próxima quinta-feira (30), será realizada uma reunião com as escolas para debater os benefícios da participação no mutirão. “Vamos conversar e ver quais escolas querem integrar ao mutirão. Assim divulgaremos os nomes em breve”.

 

A presença dessas instituições na ação foi uma sugestão feita pelo Procon de Alagoas na última reunião com o sindicato para debater os índices de reajustes das mensalidades para 2018. “Em dezembro, muitos consumidores já receberam o 13° e têm uma condição melhor para quitar o débito com condições especiais”, avaliou o superintendente do órgão, João Neto, explicando que “os tipos de facilidades que serão oferecidos aos pais inadimplentes ficará a critério de cada escola”.

 

Como participar

 

Para ser atendido, é necessário que o consumidor saiba a quem está devendo. Caso seja uma das empresas participantes, ele deverá se dirigir a sede do órgão (localizada na Rua Oldemburgo Paranhos – Farol) munido de seus documentos originais e cópias (RG, CPF e comprovante de residência) e qualquer documentação que comprove o débito (como faturas e cartas de cobranças). O próprio devedor deverá comparecer ou enviar um representante com procuração registrada em cartório.

 

Para maiores informações é possível contatar o Procon por meio do número de atendimento (151) ou whatsaap (82- 988896619). 

 

Por Débora Vieira

Ações do documento