Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2021 Julho Procon de Alagoas participa de operação nacional para coibir possíveis crimes relacionados à venda de combustíveis
09/07/2021 - 10h45m

Procon de Alagoas participa de operação nacional para coibir possíveis crimes relacionados à venda de combustíveis

A ação ocorreu entre os dias 28 de junho e 08 de julho

Procon de Alagoas participa de operação nacional para coibir possíveis crimes relacionados à venda de combustíveis

Operação foi de âmbito nacional e teve a participação de vários órgãos e secretarias (Foto: Daniel Martins)

O Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon/AL) participou da Operação Nacional Petróleo Real, promovida por meio da Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública. A ação, iniciada no dia 28 de junho, visou combater e prevenir crimes relacionados à venda de combustíveis e derivados de petróleo em postos da capital, região metropolitana e no interior do Estado, e foi concluída nesta quinta-feira (8).


Em  Alagoas, a operação foi coordenada pela Secretaria de Estado e Segurança Pública (SSP) e contou com a  participação de diversos órgãos e agências de controle, dentre elas, a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Polícia Civil, Polícia Militar e Corpo de Bombeiro Militar. 


Durante as fiscalizações, foram realizados testes de qualidade para verificar se os produtos estavam em conformidade com os parâmetros da ANP, a quem coube a realização das análises. Já o Procon, notificou os estabelecimentos solicitando as últimas três notas fiscais de compras de cada produto para averiguar possíveis abusos no preço final que chega até o consumidor. 


“Essa ação foi muito importante para o Procon e a ANP fiscalizar e as polícias nos darem o suporte protegendo a economia e direito dos consumidores, assumindo o trabalho de repressão de práticas abusivas. As equipes de forma conjunta percorreram postos na capital e no interior para verificar a qualidade dos combustíveis comercializados, validade dos produtos, aferição de bomba de abastecimento, preços, documentação, dentre outros pontos”, diz o presidente do Procon-AL, Daniel Sampaio.


O resultado da Operação Petróleo Real será apresentado pela Secretaria de Segurança Pública de Alagoas (SSP), nesta sexta-feira (9).


As fiscalizações aconteceram na capital e no interior do estado, onde foram lavrados mais de 40 documentos, sendo:


  • Notificações - 22

  • Constatações - 10

  • Infrações - 5 

  • Relatórios de visita - 3


Daniel Sampaio ainda ressalta a importância dos consumidores se manterem alerta para que não venham a ser prejudicados ou lesados de qualquer forma e que estejam em constante contato com o Procon-AL para evitar transtornos.


Segundo a Agente de Fiscalização do Procon-AL, Adelaide Melo, foram feitos testes de qualidade de combustível e volume dispensado pelas bombas.

 

O Procon-AL dispõe de canais para atender a população alagoana, receber reclamações e realizar denúncias. Caso haja alguma ocorrência, o consumidor pode entrar em contato através de ligações ao 151, WhatsApp (82) 98876-8297 e de forma presencial, onde o atendimento é exclusivamente feito mediante agendamento através do site agendamento.seplag.al.gov.br

 

Link do relatório na íntegra:

http://www.procon.al.gov.br/pesquisas-de-precos/2021/Relatorio%20da%20Operacao%20Petroleo%20Real.pdf

Ações do documento