Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2021 Janeiro Março Procon inspeciona preço dos combustíveis em São Miguel dos Campos e Arapiraca
30/03/2021 - 10h25m

Procon inspeciona preço dos combustíveis em São Miguel dos Campos e Arapiraca

Equipe de fiscalização verificou notas fiscais para assegurar que o valor cobrado não é abusivo

Procon inspeciona preço dos combustíveis em São Miguel dos Campos e Arapiraca

Procon fiscaliza postos de combustíveis no interior de Alagoas (Foto: Ascom Procon)

Texto de Thiago Luiz

 

O Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor de Alagoas (Procon-AL) continua nas ruas. Durante o último final de semana a equipe de fiscalização do órgão fez inspeções nos postos de combustíveis em São Miguel dos Campos e Arapiraca.

 

Dez empresas foram notificadas a apresentarem as notas fiscais. Esse trabalho tem por objetivo comparar o valor cobrado ao cliente em relação ao preço que é adquirido pelo estabelecimento. Caso o “limite” desse lucro seja ultrapassado, o preço é considerado abusivo.

 

No entanto, nenhum posto foi autuado. O que não quer dizer que o trabalho para por aqui. A Fiscalização do Procon continuará atuando nos municípios alagoanos, para assegurar os direitos dos consumidores, como fala o diretor-presidente do órgão, Daniel Sampaio: “Nossa missão é garantir que a comunidade alagoana não sofra abusos ou injustiças por parte dos fornecedores. Por isso, a Fiscalização vai continuar atenta e realizando vistorias em todo o estado”.

 

Vale lembrar que os consumidores devem exigir a nota fiscal em todas as ocasiões, pois esse é o documento que prova que a compra foi efetivada e pode servir como base para possíveis reclamações em relação ao produto ou à empresa.

 

O trabalho de Fiscalização continua durante toda essa semana no interior do estado. Mas caso a população identifique alguma irregularidade, como suspeita de fraude na hora de abastecer, ou de prática de preços abusivos, o consumidor pode acionar o Procon por meio de ligação gratuita no telefone 151, pelo WhatsApp 98876-8297, ou presencialmente, mediante agendamento, pelo site agendamento.seplag.al.gov.br.

Ações do documento