Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2020 Março Procon Alagoas participa do 8º Colóquio de Proteção do Consumidor de Seguros
09/03/2020 - 14h35m

Procon Alagoas participa do 8º Colóquio de Proteção do Consumidor de Seguros

Evento visa promover o aprimoramento dos canais de diálogo entre o setor segurador e as entidades de defesa do consumidor

Procon Alagoas participa do 8º Colóquio de Proteção do Consumidor de Seguros

Diretor-presidente do Procon Alagoas, Daniel Sampaio, esclarece quais são as maiores demandas do Instituto (Foto: Ascom Procon)

O Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon/AL) esteve presente na cidade de Recife entre os dias 4 e 5 de março representando o estado de Alagoas no 8º Colóquio de Proteção do Consumidor de Seguros.

O evento é resultado de uma parceria entre a CNseg (Confederação Nacional das Seguradoras), com o Procon Estadual de Pernambuco, o Forúm dos Procons do Nordeste e a Associação Brasileira dos Procons.

O Colóquio de Proteção do Consumidor de Seguros tem como objetivo proporcionar o aprimoramento dos canais de diálogo entre o setor segurador e os órgãos de defesa do consumidor. A iniciativa visa também conhecer a realidade de cada região em relação ao acesso e ao atendimento dos consumidores, e busca garantir que o seguro desempenhe o papel de proteção a saúde, da vida e do patrimônio dos indivíduos e famílias.

O Procon Alagoas destacou reclamações voltadas para serviço não fornecido (entrega, instalação, não cumprimento da oferta/contrato), cobrança indevida/abusiva, não pagamento de indenização, serviço não concluído ou fornecimento parcial, clonagem, publicidade abusiva, entre outros.

“Na ocasião, informamos quais os casos com maiores índices de reclamações e algumas sugestões. Muito bom perceber que esses índices estão diminuindo, e isso é devido à conscientização de muitos consumidores, que já estão cientes de seus direitos e quando não são respeitados já sabe a quem reivindicar. Não podemos nos esquecer de mencionar a organização dos fornecedores, que estão cada vez mais preocupados em respeitar o que determina a legislação consumerista. Essa harmonia entre consumidores e fornecedores é muito importante para que os resultados almejados sejam atingidos”, afirmou Daniel Sampaio, diretor-presidente do Procon Alagoas.

Nos dois dias de Colóquio, os profissionais das empresas que estavam participando, apresentaram os fundamentos do seguro e do mercado segurador brasileiro, enfatizando os maiores problemas encontrado pelos consumidores que chegam até os Procons e como as seguradoras buscam solucionar esses problemas. Os representantes dos Procons apresentaram temas que vivenciam em seu dia a dia, onde tiveram oportunidade de esclarecer dúvidas e receber considerações da plateia durante os painéis.

Ações do documento