Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2020 Abril Procon, OAB e bancos debatem sobre reclamações de consumidores contra instituições bancárias
15/04/2020 - 17h56m

Procon, OAB e bancos debatem sobre reclamações de consumidores contra instituições bancárias

Encontro virtual aconteceu na segunda-feira (13), em parceria com a Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Alagoas (OAB-AL)

Procon, OAB e bancos debatem sobre reclamações de consumidores contra instituições bancárias

Encontro virtual aconteceu na segunda-feira (13) (Foto: OAB)

Texto de Ruan Teixeira

O diretor-presidente do Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon/AL), Daniel Sampaio, se reuniu com o presidente da OAB-AL, Nivaldo Barbosa Júnior, e com representantes dos principais bancos de Alagoas para tratar das diversas reclamações de consumidores sobre as agências bancárias de todo o estado durante a pandemia do novo coronavírus.

As principais queixas dos consumidores são referentes às aglomerações, as máquinas que não estão sendo higienizadas e a não distribuição de álcool em gel. Também foram relatadas algumas dificuldades que os clientes estariam enfrentando para entrar em contato com os bancos, acionando-os, por exemplo, para a prorrogação de 60 dias para utilizar os benefícios de pagamentos para os contratos em vigência. 

Na reunião foram estabelecidas estratégias, tais como: um plano de mídia para evitar que as pessoas se desloquem desnecessariamente até as agências, com a colaboração de todos na divulgação; tentar aumentar a capacidade de atendimento por telefone, principalmente para tirar dúvidas; contar com o apoio do sistema de segurança pública, tanto do estado quanto dos municípios (guardas municipais) para controlar e organizar o público que se acumula na parte externa das agências. A OAB vai contatar também com o Exército e a AMA.

"O intuito do Procon de Alagoas é sempre buscar a harmonia entre os consumidores e fornecedores. Então, nada melhor do que dialogar. Inclusive, já protocolamos as principais reclamações, com as respectivas recomendações, visando que o serviço seja oferecido da melhor maneira possível, lembrando que a conscientização da própria comunidade também é muito importante", explicou Daniel Sampaio. 

Segundo Nivaldo Barbosa Júnior, o mais importante é evitar, no momento, a aglomeração de pessoas que, em conjunto, percebe-se a importância e a necessidade de um plano de mídia para que seja evitado o deslocamento de forma desnecessária das pessoas. 

 No ensejo, foram também reconhecidas as dificuldades e as limitações em que passam os bancos, que tiveram sua equipe contingenciada em razão da pandemia, mas que tiveram suas demandas aumentadas, também, em razão do coronavírus, como o pagamento de novos benefícios sociais. 

Ações do documento